‘The Fabelmans’ (2022) – O horizonte não estava no meio.

Fonte: Merie Weismiller Wallace / Universal Pictures / Amblin Entertainment.

Isto é Cinema no seu estado mais puro, e eu sei que uso imenso esta frase mas até tropeço nas palavras quando me deparo com filmes tão bons.

‘The Fabelmans’ é uma semi-autobiografia de Spielberg que nos conta a história de Samuel Fabelman, um jovem que venera completamente o Cinema. A sétima arte entra na vida do mesmo através dos pais, de forma inteiramente inocente. No entanto, o nosso personagem principal vai lutar bastante contra a sua família que vê o que ele faz somente como um hobby.

Um filme para cinéfilos e para todos os que aspiram mudar o mundo através da arte, ou se não conseguirem mudar, pelo menos pretendem provocar reações emotivas a quem visionar algo criado por eles.

O argumento é incrível, a banda sonora dispensa apresentações (pois a mesma é assinada por John Williams), as atuações esplêndidas, destacando obviamente o espetacular Gabriel LaBelle, a inventora do “range” Michelle Williams e o incrível Paul Dano; ainda devo mencionar a realização incrível do Senhor Spielberg que faz tudo valer a pena,…. desde uma cena em que o personagem se imagina a filmar num espelho oposto de onde se encontra até aos pormenores da linha do horizonte (quem viu entenderá).

Aproveitem enquanto está em cena, porque vale todos os cêntimos que compõe um bilhete!

Primeiro filme do ano numa sala de cinema: check!

Rating: 5 out of 5.


Se gostaram deste post, aconselho-vos a seguir as redes sociais do projeto clicando aqui.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s